6 DICAS ESSENCIAIS PARA COMEÇAR A MEDITAR

Você já tentou várias vezes mas não consegue meditar?

Hoje eu vou  apesentar 6 Dicas Essenciais Para Você Iniciar!

Constantemente nos pegamos tentando aprender e desenvolver um hábito novo em nossa vida; principalmente no que diz respeito à Saúde.

Um mal-estar, uma insatisfação ou um problema difícil de resolver…

Quando algo nos chama a atenção de que precisamos nos cuidar, lá vamos nós a procura do médico, do psicólogo, da academia, de qualquer ação que nos dê a sensação de que a solução está a caminho.

Mas tão logo conseguimos ter a solução nas mãos, abandonamos o autocuidado e voltamos à nossa antiga rotina que por muitas vezes é a fonte de nossos problemas.

Com a meditação não é diferente!

E neste caso ainda temos um agravante de que nem todo mundo consegue (ou acha que não consegue) se entregar à prática de forma aberta e amigável.

Uma pessoa muito inquieta ou ansiosa por exemplo, geralmente inicia a sua prática com o pré-julgamento de que não vai conseguir porque é muito agitada.

Isto dificulta a experiência do momento e consequentemente, o desenvolvimento do hábito.

ENTÃO, COMO COMEÇAR A MEDITAR?
Deixo aqui, 6 Dicas Para Você Começar e Ter o Hábito da Meditação!

Como começar a meditar? Escolha um lugar onde se sinta bem!

 

#1 – Escolha o SEU LUGAR de Meditação.

Existe uma frase para a Yoga que diz:

“O caminho mais difícil é até o tapete!”

Isto também vale para a meditação.

Separe um cantinho em sua casa para ser o seu lugar.

Isto vai facilitar para que lembre-se de praticar, para que desenvolva o gosto por este momento e até sinalizar para as pessoas de seu convívio que enquanto estiver ali no SEU espaço, você precisa de paz.

Ter o seu lugar é como um chamado, ele já está lá pronto para você, é só chegar.

#2 – Escolha o SEU HORÁRIO.

Divida o seu dia em Blocos – manhã, tarde e noite.

Escolha dentre os blocos do seu dia qual é o melhor para você incluir uma prática diária de pelo menos 5 minutos.

Se você ficar esperando “ter tempo” para meditar não vai começar nunca. Crie o seu tempo!

#3 – Não olhe para a Meditação como mais uma tarefa a cumprir no seu dia.

Torne este momento um momento de autocuidado e autoconhecimento.

Se você sentir “preguiça” pode ser uma negação.

Olhe para esta negação com curiosidade, utilize-a como uma ferramenta de auto-observação e autoconhecimento.

O que você é no momento da meditação é o que você é na vida!
Conheça a ti mesmo!

#4 – Tenha em mente que nem sempre será prazeroso.

A meditação não pode ser realizada somente quando estamos “tranquilos para meditar”.

Os momentos de inquietação, nos diz muito sobre nós.

Independente do seu estado de espírito, sente-se e observe-se.

Esteja com o olhar aberto e curioso para o que irá se revelar.

#5 – Procure estar em contato com o tema MEDITAÇÃO.

Leia artigos, livros, participe de grupos de práticas, encontre pessoas que estejam no mesmo objetivo que você.

#6 – MOTIVAÇÃO vem de dentro! 

Procure entrar em contato com a sua motivação.

Pergunte-se: O que de bom a Meditação pode trazer para a minha vida neste momento?

Quais aspectos da minha vida podem ser impactados positivamente pela prática da Meditação?

Anote suas respostas e deixe em um lugar de fácil visualização.

Vamos começar?!

Vou deixar aqui uma prática curta e eficaz para o seu início!
MEDITAÇÃO COM ATENÇÃO NA RESPIRAÇÃO

Boa prática!
Paz e Bem!Adriana
Comentários

Related posts:

Gostou deste post? Compartilhe!