Mindfulness: Como estabelecer o hábito?

Já falamos muito em nossas comunicações sobre o que é o Mindfulness, sobre como colocar os conceitos em seu dia a dia, sobre a importância da Compaixão no contexto do Mindfulness e em nossas vidas, etc…

Mas como podemos ESTRUTURAR e ESTABELECER a prática diária?

A eficácia de Mindfullness (MBSR) tem sido estudada em uma grande variedade de grupos de pessoas e condições clínicas. Porém, todos os estudos são baseados no Programa MBSR que é estruturado em 8 semanas, com encontros semanais de 2 horas em média, e com propostas de práticas formais e informais nos intervalos das sessões.

Isto significa que para obter os benefícios as práticas precisam ser diárias.

A maior dificuldade para os novos praticantes é sobre desenvolver e cultivar o hábito da prática diária.

Hoje quero pontuar  algumas considerações que irão  te ajudar a lidar com a dificuldade de cultivar a prática em seu dia a a dia.

1)  Procure estudar e informar-se sobre os fundamentos teóricos da prática: Entender melhor os conceitos e as intenções das práticas pode te motivar, e dar mais sentido para o que você está buscando realizar.

2) Separe um horário e um local adequado para a sua prática: Ter um horário fixo todos os dias, facilita a implementação de um hábito novo. Ter um cantinho na casa próprio para a sua prática, vai blindar o seu momento de meditação. Isto evita que outras pessoas interfiram e atrapalhem a sua pausa.

3) Junte-se a uma comunidade com a mesma motivação: Somos seres com necessidades de conexão e socialização. Se você estiver conectad@ com pessoas que também estão engajadas em tornar a meditação um hábito, certamente estará mais motivad@ para a continuidade da sua prática.

4) Procure um Instrutor habilitado: A meditação proporciona muitos benefícios mas alguns cuidados são necessários para a sua saúde física, mental e emocional. Começar a sua prática com um instrutor habilitado trará mais conforto e segurança ao seu processo.

5) Pratique a Autocompaixão: Não faça desta intenção (começar a meditar) mais uma obrigação. Reconheça seus limites e acolha-se gentilmente nesta caminhada. Uma prática de 5 minutos com muita presença e gentileza é mais eficaz do que uma prática de 30 minutos de obrigação. onde você fica o tempo todo “brigando” com o que está acontecendo em sua experiência.

E então?
Que tal tentar colocar em prática as dicas e tornar a meditação um novo  hábito em sua vida?

Conte comigo na jornada!

Grande abraço mindful,
Adriana

********
JUNTE-SE A NÓS EM NOSSO GRUPO FECHADO DO FACEBOOK MINDFULNESS E BEM VIVER

Comentários

Related posts:

Gostou deste post? Compartilhe!